Em A Menina Índigo, Murilo Rosa é Ricardo, um dedicado jornalista. Sua filha, Sofia, é uma criança alegre e amada por todos que a conhece. A história do filme começa no momento em que Sofia se tranca, sozinha na sala de aula, e começa a expor sua felicidade nas tintas, papéis, telas e paredes. Esse episódio desencadeia uma intensa discussão entre Ricardo e Luciana, mãe de Sofia, que faz a menina se sentir estressada. Na conversa, é decidido que Sofia vai morar na casa de Ricardo, a contragosto da mãe. Na nova casa, Sofia se sente mais à vontade de explorar sua imaginação em meio às tintas. O pai vai em busca de ajuda profissional para entender o comportamento de sua filha. Mas, depois de procurar diversos médicos – e todos diagnosticarem transtornos psicológicos na menina –, Ricardo decide não aceitar a opinião deles, por não concordar.

Enquanto isso, no trabalho, Ricardo está no meio de uma investigação jornalística sobre propina cedida a senadores por empresários e descobre que seu pai, Paulo Gregório, considerado “o empresário do ano” pela mídia, é um dos citados por suas fontes. Tal situação faz Ricardo entrar em um conflito interno entre ser ético e proteger seu próprio pai.

Paralelo a isso, Ricardo descobre que sua filha tem poderes sobrenaturais de curar as pessoas no momento em que se dá conta de que ela foi a responsável por curar seu próprio avô. Mesmo relutante com essa ideia, ele procura saber mais a fundo e descobre que outras pessoas já utilizam os dons da menina. Quase que ao mesmo tempo, a mídia toma conhecimento dos poderes de Sofia, por meio de um oportunista que trabalha com Ricardo. Isso faz com que toda a família se una, tendo em mente proteger Sofia do assédio da imprensa. Essa é a deixa para muitas coisas importantes acontecerem na vida de Ricardo.

Curiosidades:

Rafa Gomes, finalista do The Voice Kids 2016, chegou a gravar uma música especialmente para o filme, chamada “Sal da Terra”. Você pode conferir o resultado abaixo:

Trailer: