HISTÓRIA | FOTOS | VÍDEOS


 

HISTÓRIA

A trama de Walter Negrão contava a história de Solano, interpretado por Murilo, um homem marcado por uma maldição indígena que condena os homens de sua família à morte na beira do Rio Araguaia, há gerações.
Para tentar fugir dessa maldição, Antoninha (Regina Duarte) entrega seu filho, Fernando (Edson Celulari), aos cuidados de uma amiga, longe do Rio Araguaia. Anos mais tarde, ele volta ao Rio Araguaia, com seu filho Solano, ao saber que sua mãe está muito doente.
 
Fernando não acredita na maldição e decide continuar em Araguaia até conseguir vender as terras de sua falecida mãe. Ao descobrir que elas ficariam com o vilão Max (Lima Duarte), decide ir embora. Infelizmente, Fernando se torna vítima da maldição antes que tivesse tempo de sair dali.
Com a morte misteriosa de seu pai, Solano se muda permanentemente para o Araguaia. Lá, o mocinho mobiliza a população que vive sob a tirania de Max para a construção de Girassol, uma cidade com bases cooperativistas.
 
Para complicar mais sua vida, Solano se apaixona pela veterinária Manuela (Milena Toscano), filha de seu inimigo e noiva do empresário Vitor (Thiago Fragoso). Mesmo com Manuela, Solano fica balançado por Estela (Cleo Pires), a viúva de seu pai, que passa a morar com ele após a morte de Fernando, uma moça de origem indígena e passado misterioso.
 
Ao se apaixonar verdadeiramente por Solano, Estela repensa sua missão em Araguaia: se aproximar de Fernando e Solano para que a maldição rogada por sua Tribo seja cumprida.
Solano descobre a maldição folheando um antigo diário de sua família, mas não consegue deixar Araguaia por conta do amor por Manuela. Intrigado com a história, ele questiona Estela, que mente, mas é desmascarada quando Solano a encontra fazendo ritual karuê, sua tribo. A índia foge.
Solano e Manuela levam o relacionamento adiante, mesmo com o pai dela fazendo de tudo para separar o casal, até que Estela volta e diz estar grávida de Solano, que decide assumir o filho e ficar junto a ela.
 
Juntos, Estela e Solano, tentam achar um meio de acabar com a maldição e salvar o filho. Com a ajuda de Terê Tenório (Thaís Garayp) e do Padre Emílio (Otávio Augusto), eles descobrem que, para a maldição ser quebrada, o cordão umbilical do filho de Estela precisa ser cortado por Gabriel, avô de Solano.
 
O casal consegue quebrar a maldição mesmo com os esforços de Max para impedir. Solano e Estela decidem criar o filho na estância, Manuela se apaixona pelo jornalista Rudy (Henri Casteli) e se torna madrinha do filho de Solano.
 
“Me sinto como uma criança que ganhou um presente que queria ganhar há muito tempo. Estou muito realizado, porque é um tipo de personagem que amo fazer. E ainda juntou essa coisa simbólica de ser lá na minha região.”
Murilo para o Estado de São Paulo, em 2010.

 

FOTOS

 

 

VÍDEOS